sexta-feira, 25 de julho de 2014

andava aqui com um nó na garganta...

na terça feira tive uma situação que eu achei tão chata que me deu nó na garganta até hoje! a situação foi basicamente esta: um vendedor ao qual eu nunca comprei nada (está numa empresa nova que eu não conheço) entrou em contacto comigo há cerca de seis meses e deixou-me um catalogo de produtos. entretanto nessa altura tive uma inundação e perdi um monte de coisas, pelo meio o dito catálogo. voltou a vir cá mas o catalogo já não estava válido (era do ano anterior) então disse-me que não tinha novo ainda para me dar. entretanto mudou de empresa e voltou há cerca de um mês e deixou-me o catálogo da nova empresa. o mesmo cano (que não tinha ficado correctamente arranjado) rebentou e avariou-me computador, inundou tudo outra vez e lá foi o catálogo no meio de outros por água a baixo! na terça feira veio cá e eu disse-lhe que estava sem catálogo porque tinha havido inundação. resposta prontissima do vendedor: já me deu essa desculpa da outra vez, diga lá outra... eu parei olhei para ele e não tive reacção. disse-lhe só passe cá noutro dia que hoje não tenho tempo. e o nó instalou-se. e foi crescendo. acho que cresceu por minha causa porque não reagi logo... o homem vendedor que é até podia ter pensado aquilo mas dizer?? fiquei furiosa!!!! e o nó a crescer! hoje quando o vi rebentou o nó! fui directa e nem o deixei dizer bom dia! tenho a dizer-lhe que fiquei muito incomodada com o seu comentário na terça porque eu não tenha necessidade nenhuma de lhe mentir porque se não quiser comprar nada não compro. e ponto final! mas como pode ver ainda tenho as paredes com bolor! (sim bolor que não sai que ainda não veio tempo quente e aquilo cresce que é coisa feia por mais que se ande sempre a limpar.. enquanto não vier calor não há praticamente nada a fazer). e agradecia que não voltasse sequer a insinuar em qualquer momento que eu lhe menti neste ou noutro qualquer assunto. não tenho necessidade de mentir, mas estamos na quarta classe?? arre. e pronto. desapareceu o nó e voltou a tranquilidade à minha garganta. 

2 comentários:

  1. Lamento que tenhas tido inundações e incómodos na casa! É muito chato e dá sempre estragos, não é nada agradável! Quanto ao dito senhor, as coisas têm a importância que lhes damos...esse senhor não foi correto, independentemente dos problemas que ele pudesse ter, porém nada como tentar não dar importância (o que para nós mulheres é bem exigente!) :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. já desatei o nó FT :) felizmente!!!
      ***

      Eliminar